Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

A desinformação presente em quem devia ter a informação toda

Atentem na seguinte conversa que tive:

Mãe: A tua irmã diz que vai trazer uma máscara medicinal lá da creche - disse isto como se fosse o topo de gama das máscaras

Eu: Hum?!

Mãe: A tua irmã diz que vai trazer uma máscara medicinal lá da creche - repetiu porque achou que eu não tinha ouvido

Eu: Máscara medicinal?! Não existe tal conceito, quanto muito deve ser cirúrgica

Mãe: pois... é capaz de ser isso

Achei por bem não continuar a conversa. Por vários motivos: primeiro, porque já dizem que sou sabichona e segundo porque não concordo que a minha irmã "traga" máscaras da creche. Depois queixam-se que não há para todos

Assumo que tenha tido formação sobre o que deve utilizar, como utilizar e como deve agir na creche. 

Tendo em conta isto, não pode vir com este tipo de desinformação. 

PS: fui fazer uma pesquisa ao google e apresentou-me resultados. Mas acredito que o termo correcto será máscara cirurgica

Sorte ou esforço ou ambas?

No outro dia estava a ter uma conversa sobre os motivos que levam ao sucesso. Neste caso, estávamos a falar de sucesso profissional.

De um lado, defendia-se que o sucesso provinha só do nosso esforço. Que se trabalharmos e dermos tudo de nós, o sucesso vem atrás. A evolução na carreira é garantido.

Neste mesmo lado, estava também o argumento de que se não houver trabalho nem esforço, obviamente que o sucesso profissional é nenhum.

Neste lado, não havia zona intermédia. Trabalho/esforço = sucesso.

Por outro lado, defendia-se que a sorte também tem alguma coisa a dizer sobre isto. É preciso estar à hora certa no lugar certo.

Por que mais esforço e trabalho que haja,  por vezes, o sucesso não é garantido. Ou porque existe uma crise económica (tema muito actual) ou por outros motivos quaisquer. Ou até porque o colega deu mais graxa ao chefe e teve direto aquela promoção. (É verdade: dar graxa é considerado trabalho/esforço ou sorte?)

Temos também aquelas pessoas que nasceram em berço de ouro e já têm tudo facilitado na vida. 

Portanto, neste lado existe o factor sorte que actua na zona intermédia. Trabalho/esforço + sorte = sucesso.

Eu defendo este lado. Já vi muita coisa durante a minha carreira profissional para perceber que a realidade nunca é preto no branco. 

Percebo o outro lado, o lado da ingenuidade, do deslumbramento inicial. Acho que nunca tive deste lado. Percebi desde cedo que não era bem assim.

E vocês? Estão de que lado?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D