Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

Comidas e dormidas #5: Carnes exóticas

Este fim-de-semana decidimos ir experimentar um restaurante de carnes exóticas: O Fondue.

O meu rapaz estava cheio de vontade de ir comer carnes exóticas e ir a este restaurante. Eu estava um bocado desconfiada: comer carnes estranhas e ainda ter que cozinhá-las?! Hmm, não sei…. Mas lá fomos. O Fondue fica perto do Picoas Plaza.

IMG_20160513_231312.jpg

Assim que nos sentamos, vem logo um empregado com as entradas: paté de salmão, ovos de codorniz, salada de orelha, salada de polvo, entre outras coisas. Nós ficámo-nos pelo Paté de salmão que estava óptimo.

Quanto às carnes, foi um pouco difícil de escolher. Isto porque não queríamos ir para as carnes normais (picanha, maminha, pato) mas, por outro lado, tínhamos receio de não gostar das carnes mais exóticas. Esta foi a nossa conversa:

Ele: Olha, tem aqui carne de Avestruz…

Eu: coitadinhas das avestruzes… são animais simpáticos

Ele: então, temos aqui canguru…

Eu: Canguru, não. Eles são tao fofinhos e andam com o filho na bolsa. Não pode ser….

Ele: têm também lama e camelo…

Eu: O Areias é um camelo com duas bossas e muito pêlo. – comecei logo a cantar – também não pode ser.

No final escolhemos o Menu com 3 carnes e lagosta. E as carnes foram:

Crocodilo: não tenho pena nenhuma dos crocodilos

Kobe: queria muito experimentar a carne de vaca, onde os animais são muito bem tratados (com massagens e tudo)

Veado: esta foi ele que escolheu. Impedi-me de pensar no Bambi.

As carnes vieram acompanhadas com batatas fritas, um prato de fruta e vários molhos. Claro que também veio o grelhador para sermos nós a cozinhá-las.

Valeu a pena. As carnes eram deliciosas e muito fáceis de cozinhar já que vinham em bifes pequenos.

Quando voltar, quero experimentar carne de zebra.

Eu adoro-o, mas às vezes #5

Desta vez, ele fez algo que acho que é comum a todos os homens. Não vos acontece, pedirem algo que está dentro da vossa mala, e eles aparecerem com a mala em vez do que com o que pediram? Comigo isto acontece constantemente.

Situação 1:

Eu: Podes ir buscar-me uma coisa à mala?

Ele: Sim, claro.

Eu: Lá dentro está uma bolsa preta. Podes trazer-ma?

Passado 1 minuto, aparece-me ele com a mala na mão e com cara de quem andou à procura de uma agulha no palheiro.

Eu: Então, eu só pedi a bolsa. Não pedi a mala…

Ele: Não encontrei nada

 

Situação 2:

Eu: Podes trazer-me a carteira que está dentro da mala? É castanha

Aparece-me, 3 segundos depois, de mala na mão.

Eu: Eu só pedi a carteira….

Ele: Da ultima vez não correu bem. Nem sequer tentei….

 

Situação 3:

Eu: já que vais ao escritório, trazes-me o computador portátil. Quero escrever um post para o blog.

Aparece-me, 3 segundos depois, com a mochila na mão. Olhei logo para ele com ar de poucos amigos.

Ele: Não sabia onde estava o portátil….

Ai a preguiça….

Piloto automático

Nos últimos tempos tenho ido almoçar ao centro comercial.

E se há uma coisa que vejo todos os dias, é que as pessoas que me atendem têm um guião do que têm a dizer. Até aqui, não há nada de mal; o problema é quando entram em piloto automático. Eu sou uma pessoa trapalhona por natureza e quando encontro pessoas em piloto automático, parece que tudo fica pior. E, para além disto, fico sem saber perceber português e ainda tenho que coordenar as minhas acções.

Vejamos a situação de hoje:

Eu: Boa tarde, queria o linguini de salmão.

Fui buscar o tabuleiro que estava um metro ao lado.

Empregada: E a sopa, qual vai ser?

Eu: Quais são as sopas que tem? – não tinha visto escrito em lado nenhum as sopas do dia

Empregada: bla bla e tomate – isto foi o que percebi

Eu: desculpe, não percebi

Empregada: Sopa de espinafres ou sopa de tomate

Eu: Sopa de espinafres

E começo a tirar a carteira da mala. Como qualquer mala de mulher, a minha é um mundo e tirar a carteira é sempre uma luta. Mas, lá consigo tirar a carteira que fica na minha mão esquerda e a mala pendurada no mesmo braço. Enquanto faço isto, tenho a sopa ao balcão para eu passar para o meu tabuleiro e já tenho que avançar na fila.

Comecei um número de equilibrismo: sustentar a mala no braço esquerdo, a carteira na mão esquerda e esticar o braço direito para agarrar a sopa. De repente, sou interrompida:

Empregada: E a bebida, qual vai ser? Temos água, refrigerante e chá – diz a empregada de uma vez só, sem sequer respirar.

Eu: quais são os chás que tem? – ando armada em saudável

 Empregada: temos chá de bla bla, chá verde e gengibre.

Eu: pode ser esse – a esta altura estava mais concentrada em coordenar as minhas acções sem fazer asneira.

Coloco a mala ao ombro, a carteira em cima do tabuleiro e tento agarrar a sopa. Mais uma vez interrompida:

Empregada: São x euros

Tiro o cartão da carteira já muito apressada e dou à empregada para passar na máquina e marco o código muito rapidamente. Consigo, finalmente, pôr a sopa e o chá no tabuleiro e prosseguir na fila, e o mais importante, sem entornar nada.

Eu percebo que existam muitas pessoas à hora de almoço e que é necessário despachar a fila. Mas entrar em piloto automático? Mas, por favor, não disparem as perguntas de uma vez só. It's too much for me....

Cinema #3: Capitão América - Guerra Civil

Civil_War_Final_Poster.jpg

Eu sou grande fã dos Vingadores, portanto, era mais que lógico que eu fosse ver o Capitão América: Guerra Civil.

Para já tenho que dizer que o Chris Evans (Capitão América) e Robert Downey Jr. (Iron Man) são perfeitos para aqueles papéis. A postura, as piadas e o tipo de super-herói, está tudo interpretado na perfeição. Eu simplesmente adoro a relação amor-ódio que têm entre eles.

Quanto ao filme, é um filme da Marvel com o Capitão América como personagem principal e os outros Vingadores a aparecerem como personagens secundárias. Neste filme, os super-heróis estão uns contra os outros: o Capitão América de um lado e o Iron Man do outro. Tudo porque os líderes políticos acham que eles precisam de ser controlados.

Eu gostei deste filme pela acção, pelas piadas e por ser um filme dos Vingadores. Gostei também do facto de terem juntado mais dois super heróis ao filme que nunca fizeram parte dos Vingadores. Foram bem introduzidos e tiveram imensa piada.

Só tenho apenas um recado para a Marvel: voltem a juntar os Vingadores do mesmo lado; assim é que tem piada.

Peditórios

No outro dia fui ao centro comercial, estavam lá duas senhoras a vender o pirilampo mágico.

Fui almoçar a outro centro comercial e estavam lá alguns jovens a pedir para uma causa que não percebi qual era. Estão todos os dias.

Fui às compras ao hipermercado, estavam lá uns senhores a pedir comida para animais.

Isto tudo na mesma semana.

Não comprei o pirilampo mágico, desviei-me dos jovens e não dei comida aos animais. Não porque não acredite nas causas e nem tão pouco por achar que as pessoas ou os animais não mereçam.

Não dou porque a qualquer sítio que vá, há sempre alguém a incomodar, importunar (sim, é isto mesmo que fazem!) a pedir por uma causa qualquer.

Não haverá uma legislação qualquer que possa regular o número de peditórios?

Eu sei que uma pessoa tem que ser altruísta e numa crise como a que estamos a passar, existem muitas pessoas que realmente necessitam.

Vender bonecos, dar o NIB para transferência de dinheiro, dar um saco para comprar géneros e entregar. Eu enfrento isto todos os dias. Já chega.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D