Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

Cinema #2: Série Divergente - Convergente

Este fim-de-semana fomos ver o terceiro filme desta saga.

Não li os livros e vi os filmes anteriores na televisão. Não ia com muitas expectativas, aliás, achei que esta série podia ter terminado no segundo filme.

O que diz o trailer:

Após a mensagem de Edith Prior ser revelada, Tris, Quatro, Caleb, Peter, Christina e Tori deixam Chicago para descobrir o que há além do muro. Ao chegarem lá, eles descobrem a existência de uma nova sociedade.

 

O filme até começa bem com a continuação da história do filme anterior: o conflito entre o Quatro e a mãe e a curiosidade de Tris pelo que está depois do muro.

Os efeitos especiais são porreiros; seria fixe se algumas daquelas coisas fossem inventadas.

Mas passando a fase inicial, a evolução da história é demasiado previsível. Não posso dizer muito mais senão vou ser spoiler.

Portanto, o filme não foi bom nem mau, entreteve.

Mendigos

Por regra, não costumo dar dinheiro a mendigos nem a qualquer pessoa que me venha pedir. Seja para associações seja para eles próprios. É óbvio que cada um tem a sua história; uns foram parar à rua porque a vida lhes trocou as voltas, outros pelos vícios. Mas como não sei o que vai ser feito ao dinheiro prefiro não dar.

Este fim-de-semana aconteceu algo que veio dar mais força a isto.

Estávamos de carro quando vimos uma mendiga a andar em direcção a uma passadeira. Ele fez como manda a regra: parou o carro para ela atravessar. Ora, qual não foi o nosso espanto quando a mendiga assim que nos vê a parar, volta para trás e já não atravessa a passadeira. Fico possessa com estas coisas e naquela altura (e em todas as outras, a qualquer pessoa que seja), chamei-lhe um nome feio.

Eu não sei se a mendiga me ouviu ou se foi por outra coisa qualquer, mas ela decidiu cuspir para o vidro do meu lado.

Eu não sou de partir para a violência, mas confesso, que naquele momento apetecia-me mesmo, de tão irritada que eu fiquei.

Fizemos tudo como manda a regra e ainda somos premiados com cuspo. Enfim…

Comidas e dormidas: 100 Montaditos Saldanha

Este fim-de-semana fomos jantar ao 100 Montaditos no Saldanha.

Já tínhamos ouvido falar bem desta cadeia de restaurantes. O conceito deste restaurante é tipicamente espanhol: tapas e cerveja.

A não ser que seja uma bifana ou um courato, não sou muito fã deste tipo de comida. Mas fomos lá na mesma; afinal para pudermos falar temos que experimentar.

IMG_20160321_093405.jpg

Pontos positivos:

- É barato (cerca de 1-2 € por tapa e 1-1,5 € por cerveja)

- Têm bastantes opções de escolha de tapas

- O restaurante do Saldanha tem bastante espaço

 

Pontos negativos:

- Muita gente e por consequência muito barulho

- Cheiro a cerveja

 

É uma boa opção para quem gosta deste tipo de comida e não quer gastar muito dinheiro. Vimos muitos estudantes, portanto, é uma boa opção para eles.

Nós pedimos a Colecção Espanhola e a Colecção premium e as batatas cheddar e bacon. Algumas tapas são óptimas e outras não são nada de especial. As batatas com um queijinho e o bacon são maravilhosas.

Se voltar, irá ser a um dia de semana e nas férias que é quando o espaço deverá ter menos gente e for mais sossegado. Eu não gosto de ter que gritar para falar com quem estou a jantar.

Dia do Pai

O dia do Pai está aí à porta e aposto que vocês já começaram numa correria à procura de prenda. Não é?

Infelizmente, eu já não participo nesta correria mas deixo-vos uma sugestão de prendas.

Era sempre muito complicado oferecer prendas ao meu pai. Não que ele fosse muito esquisito mas porque estimava as coisas. Tinha roupa de trabalho, pelo que “roupa de fim-de-semana” durava muito tempo porque não era muito usada. Não era muito dado às tecnologias pelo que telemóveis e tablets estavam foram de questão.

Um ano, já um pouco farta desta situação decidi oferecer-lhe uma coisa diferente.

No embrulho que lhe ofereci estavam três coisas:

pedometro.jpg

Pai: O que é isto?

Eu: É um pedómetro. Conta o número de passos que uma pessoa dá. O médico disse que tinhas que fazer caminhadas.

Pai: hmmm… está bem.

O meu sobrinho achou imensa graça aquilo pelo que o meu pai lhe entregou o pedómetro para as mãos. Nunca mais se viu o aparelho….

gorro.JPG

Pai: olha, um gorro. Isto vai despentear-me todo.

Eu: Tu é que estás sempre a dizer que tens frio às orelhas

E enfiou o gorro na cabeça. Claro que toda a gente se riu da figura ridícula em que ele estava.

canivete.jpg

Um canivete com faca e garfo. O meu pai levava a marmita de casa e, por vezes, esquecia-se dos talheres.

 

O que quero dizer é que vocês devem oferecer uma prenda do coração. Nem que seja uma coisa insignificante como estas.

E se não quiserem andar à procura de prenda, que tal, reservarem uma mesa no restaurante favorito dele?

O que interessa é proporcionar um bom momento 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D