Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

O meu refúgio

Durante alguns anos, o meu refúgio foi o meu quarto. Muitas vezes, principalmente ao fim de semana, não me apetecia levantar logo. Não me apetecia ir para o mundo real; interagir com pessoas. As pessoas exigem muito umas das outras e não queria comunicar com elas. Aquele silêncio durante horas valia ouro para mim.

Ficava assim durante a parte da manhã no meu refúgio. Ali, ninguém entrava e o mundo era como eu queria e eu podia ser quem eu quisesse e como eu quisesse.

Desde que me mudei para a minha casa que deixei de ter esta necessidade, já lá vão três anos. Não sei, talvez por ser o meu espaço. As pessoas só entram se eu quiser. Não lhes dou hipótese de perturbarem o meu silêncio, o meu espaço.

Neste fim de semana, este sentimento voltou. Não estava na minha casa, estava na casa dos meus sogros. Nos três dias que estive lá não queria sair do quarto; não queria falar com ninguém. Existem muitas coisas que acontecem que não concordo e ansiedade de ter que lidar com elas, não me deixava sair.

Eu sei que não tenho que concordar nem discordar. A casa não é minha, só entrei para a família à pouco tempo. Só tenho direito a dar a minha opinião se me pedirem. Mas, em certas situações, eu não me consigo calar. E ali, tenho que me calar. A ansiedade de me ter que calar, fecha-me no quarto.

Já não tenho este sentimento à tanto tempo que não sei como lidar com este sentimento. Devo fechar os olhos; ignorar o que se passa à minha volta? Não sei.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D