Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

Férias 2016 – Ferragudo/Parchal

Na segunda parte das férias regressámos a Portugal.

portugal.JPG

Mais, concretamente, ao Algarve.

Eu não sou fã do Algarve. Toda a gente me diz que a água é mais quente, o tempo é mais estável e não há vento. Na única vez que fui para lá apanhei vento, algas na água e água super fria (em Agosto).

Este ano voltámos lá. Teve que ser. Tínhamos planeado a segunda parte das férias na costa Vicentina, mas a dois dias de irmos, vimos que a previsão do tempo não era boa. Desmarcámos logo o hotel e começámos a procurar na zona do Algarve onde estava melhor tempo.

Tínhamos dois critérios:

- Bom tempo

- Dentro do budget

Depois de muita procura, encontrámos o Agua Hotels Riverside. Fomos ao site, vimos algumas reviews e como nos pareceu bem, marcámos.

Mas depois de termos marcado, reparei que o hotel pertencia a uma cadeia onde já tínhamos estado noutras zonas do país. E não gostámos nada…. Mas, pronto, já estava marcado e não havia devolução em caso de cancelamento.

E, no final, foi bem diferente das experiências que tinhamos tido.

Começámos logo bem…. Quando estávamos a fazer o check in, informaram-nos que íamos ter um upgrade grátis. “Mas só se quiserem, só aceitam se quiserem”.

É claro que aceitamos. Não se diz que não a estas coisas, certo? Então passámos de um quarto standard para uma suite júnior.

 

E o que é que isto quer dizer? Tivemos direito a:

- Quarto com casa de banho com banheira

- Sala de estar com sofá cama

- Kitchenette completamente equipada

- Casa de banho com duche (mais uma!)

- Vista para o rio

A kitchenette permitiu-nos poupar uns trocos no nosso almoço/lanche. Fomos logo ao supermercado comprar refeições daquelas que se fazem no forno.

 

E as ofertas não acabaram por aqui. Estávamos nós já no quarto a desfazer as malas, quando nos batem à porta. Era uma funcionária do hotel com mais estas ofertas.

champanhe.JPG

Os bolinhos eram muito bons!

Sabem de uma coisa? Esqueci-me completamente de tirar fotografias do quarto. Portanto, não tenho nada para vos mostrar, a não ser a vista.

vista.jpg

Quanto ao resto das instalações, é tudo muito bom.

O hotel tem duas piscinas: uma para os adultos e outra para as crianças com vista para o Rio Arade.

piscina.jpg

Existe só um pequeno pormenor que não é agradável. Quando a maré do rio baixa, cheira muito mal. Mas é algo que não se pode controlar; é a Natureza.

Ao escrever este post, dou-me conta que não tenho muitas fotografias do hotel. Acho que estava a tentar aproveitar ao máximo.

 

Praias

A praia do Molhe foi considerada a nossa praia. Pequena e sossegadinha, como nós gostamos. Fomos lá todos os dias.

praia_molhe.JPG

Tem aquele paredão no qual fizemos várias caminhadas e que vai dar a um farol.

Outra praia que também visitámos foi a praia do Pintadinho. Visitar como quem diz, demos uma volta e vimos as grutas. Isto porque esta praia é concessionada e como tal, metade do areal está ocupado por espreguiçadeiras para alugar.

pintadinho-vert.jpg

E, como não há duas sem três, tentámos a praia grande. Ainda ficámos por lá um grande bocado. Mas os nossos problemas foram vários: piso muito duro, água gelada e não ouvir uma palavra em português dos turistas que lá estavam (isto é que é realmente uma pena).

praia_grande-vert.jpg

 

Restaurantes

Restaurantes era coisa que não faltava. A nossa questão continuava a ser o budget porque pareciam-nos todos caros (ou não estivéssemos nós no Algarve).

O primeiro a que fomos foi ao Restaurante O Molhe. Não existe outra escolha na praia do Molhe e os preços não são muito acessíveis.

Mas a Cataplana à Casa é TOP e dá para duas pessoas. Traz um molhinho de comer e pedir mais pão para molhar. E muitos camarões.

restaurante_molhe.jpg

 

Numa das noites fomos até Portimão e escolhemos o Faustino’s Steak House para jantar. Este é um dos muitos restaurantes que só se fala inglês. Aliás, até têm um funcionário que não é português.

Mas fora este pormenor, destaco a simpatia dos empregados e a qualidade da comida.

Sendo uma steakhouse nós pedimos bifes com batata doce assada e puré de batata.

steakhouse-tile.jpg

É assim: os bifes são óptimos e têm um tamanho razoável. Os acompanhamentos também são muito bons mas vêm em dose gourmet, ou seja, muito pequenos. Pagámos 30 euros só pelos bifes; acho que deveria ter acompanhamentos maiores.

A mousse de chocolate branco e preto era tão boa, tão boa que não existe fotografia. LOL

 

Numa das noites foi mesmo complicado jantar. Nós fomos um bocado preguiçosos e não quisemos reservar e acabamos na terceira opção. Mas, por outro lado, foi bom porque encontrámos um restaurante Bom e Barato – Restaurante Adris.

adris-tile.jpg

A comida não é de luxo mas satisfaz e fomos muito bem atendidos. E isto é o que importa.

 

E pronto…. Foram estas as nossas férias…. Foram boas mas passaram muito depressa.

Que venham as próximas!

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D