Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

As minhas leituras #6: A fogueira das vaidades

Nas férias de Verão é quando tenho mais predisposição para ler. E o único motivo para isto é porque estou deitada numa espreguiçadeira sem mais nada para fazer.

 

Comecei e acabei de ler A Fogueira das Vaidades de Tom Wolfe.

livro.jpg

 A sinopse diz o seguinte:

“No cume do poder e da glória, Sherman McCoy é um yuppie de Wall Street que ganha um milhão de dólares por ano, vive num luxuoso apartamento, goza a fundo da vida e de uma espectacular amante de luxo. Até que um dia a sua sorte muda: o seu carro atropela um rapaz negro num bairro degradado e McCoy começa a cair súbita e vertiginosamente da sua posição de senhor do universo, até se converter em pasto para a infinidade de abutres que revoluteiam à sua volta…. Com um cinismo viperino e grandes doses de humor negro, A Fogueira das Vaidades é o romance que melhor retrata a Nova Iorque dos finais do século XX, uma colossal feira das vaidades”

 

Eu comecei a ler este livro porque gostei do resumo. Queria saber se iria haver justiça para o rapaz que foi atropelado. Lá por Sherman McCoy ter muito dinheiro, não quer dizer que não se iria fazer justiça. Senti logo uma certa raiva por Sherman porque não queria que se safasse por ter dinheiro.

O livro foi mais que a história de Sherman McCoy. Foi a descrição de Wall Street dos anos 90 e da altura em que a riqueza se mostrava pelos bens materiais. Numa altura em que o racismo era bem patente na sociedade.

O autor descreve de forma muito pormenorizada os cenários em que as acções decorrem. Chegou, por vezes, a ser secante. Lembram-se daquela sensação ao lerem os Maias? Tive a mesma sensação outra vez.

A história só se desenrola a meio do livro. Achei que até aqui era mais a apresentação das personagens e da Nova Iorque dos anos 90.

Gostei do livro mas não o voltaria a ler.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D