Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

Ser fit ou ser feliz

Parece uma pergunta extremista mas, ao mesmo tempo, muito válida.

 

Pensem no seguinte cenário:

A colega E. estava a comer daquelas bolachas de milho que parecem pipocas mas que sabem a papel. Colega D. está a comer uma mixórdia com iogurte, manteiga de amendoim e frutos secos. Eu fui buscar uma empada porque me estava a apetecer à dois dias. A colega I. esta a comer uma barra de cereais que, dizia ela, estava cheia de açúcar.

Tivemos a seguinte conversa:

I. : Ai, vocês são muito saudáveis a comer... 

E. : Então, tem que ser. Se não for assim, começo a crescer para os lados.

Esta colega só come coisas saudáveis e faz crossfit três vezes por semana. É uma pessoa que tem 1,60 mt e pesa 52 Kg. 

 

Eu pus-me a pensar.

Eu sou uma pessoa sortuda nestas coisas do comer. O meu metabolismo vai processando tudo e deita fora algumas coisas. Digamos que não acumulo muito no meu corpo. Admito, que sou uma pessoa sortuda. Tenho 1,64mt e 59 kg, não sei se é bom ou mau. Tento ir ao ginásio, pelo menos, uma vez por semana.

Mas fiquei a pensar nesta colega que anda a saladas, frutas, snacks saudáveis, coisas da Prozis, para quê? Ser fit? E onde está a felicidade no meio de isto tudo? Da maneira que falou pareceu-me mais uma obrigação do que um prazer.

 

Pessoas que tenham restrições alimentares digam-me: é uma obrigação ou um prazer?

 

Aprender a respeitar os sinais da vida

Ontem, decidi que iria ao ginásio. Iria experimentar uma aula semelhante a Crossfit.

Eu estou a 10 min do meu ginásio mas apanhei muito trânsito, demorei o dobro do tempo a lá chegar.

Saí do carro e tirei a minha mala e a mochila e fui para o ginásio. Quando cheguei aos cacifos, não tinha a mochila certa; tinha trazido a mochila do computador em vez da mochila do ginásio. 

Tive que voltar ao estacionamento, trocar a mochila e voltar para o ginásio. Entre isto, trocar de roupa e encher a garrafa de água perdi os primeiros cinco minutos da aula, que é o aquecimento.

Nos seguintes cinco minutos arrependi-me de ter ido à aula; é demasiado violenta para mim e tem competição à mistura; o que eu não gosto.

Devia ter respeitado os sinais que a vida me estava a dar: o trânsito e a troca da mochila. Estava tudo a dizer-me para não ir.

Coisas que não me caem bem

No outro dia estava a ver um vídeo de uma youtuber que estava a mostrar uma camisa de ganga e diz o seguinte:

 

"Eu nunca passo a minha roupa a ferro"

 

A tal camisa estava cheia de vincos e a youtuber vestiu-a para mostrar como fica.

Na altura fiquei indignada; uma coisa é não passar a roupa de algodão que geralmente fica direitinha. Outra coisa é admitir que não o faz, vestir algo todo amassado e cheio de vincos e torná-lo público.

 

Podem chamar-me retrograda mas não me caiu bem.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D