Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deu-me para isto

Boa vida, Livros, Moda e Beleza, Música, parvoices

As minhas compras #6

compras.jpg

 

Cá estou com a minha rubrica habitual das compras.

1 – Bandas depilatórias faciais da My Label

Depois desta conversa, eu tinha que fazer alguma coisa sobre o assunto. Posso não ter muitos pêlos no buço, mas se ele reparou, é porque tenho.

A primeira marca que vi foi a Veet. Não sei se acontece o mesmo com vocês, mas quando me falam em cera depilatória, a primeira marca que me vem à cabeça é a Veet. No entanto, quando fui ver algumas reviews, eram quase todas negativas.

Optei, então, pela cera depilatória da My Label, marca branca do Continente.

E tenho que dizer que fiquei muito satisfeita. Os meus pêlos, que são poucos e finos, saíram na primeira passagem com a cera. Outra vantagem é o facto de ser em conta (1,44 por 10 unidades).

Mais informações, aqui.

 

2 – Camisola Tiffosi

Comprei esta camisola porque já tinha uma semelhante e gosto muito delas.

Gosto do pormenor das ponta das mangas e dos ombros ter uma imitação de pele. Parece um bocadinho larga mas se forem como eu e, se se enganarem e trouxerem o tamanho abaixo, ela fica justa.

São óptimas para aqueles dias em que não sabemos o que vestir.

Mais informações, aqui.

 

3 – Corsários Doone

Estes corsários foram uma pechincha numa loja da Sport Zone Outlet (2€). Na minha opinião, eu acho que as únicas coisas em que se deve investir para desporto são os ténis e o soutien. O resto, para mim, pode ser qualquer coisa.

 

4 - REMOVEDOR BOLOR FUNGOS UHU

Este Inverno tem sido muito chuvoso e por causa disto ganhei muita humidade na casa de banho. Apesar de ter janela, as paredes e o tecto começaram a ficar escuros devido à humidade.

Seguindo um conselho de uma colega, comprei este produto. E posso dizer que três semanas depois de ter limpo as paredes com isto, a parede continua branca.

Foi um óptimo conselho.

Mais informações, aqui.

Dramas de gaja

Lembram-se deste macacão? Na altura, comprei-o porque era bastante prático já que era uma só peça de roupa e não tinha preocupações em combinar peças.

Ontem, tive uma reunião com um cliente e necessitei de estar mais formal. Portanto, vesti o macacão, um casaco de malha por cima e um lenço. De manhã e à noite, costuma estar fresquinho.

A meio da manhã tive vontade de ir à casa de banho. Então, foi mais ou menos assim:

  1. Tirar o lenço
  2. Tirar o casaco
  3. Desapertar a mola da parte de cima do macacão
  4. Despir a parte de cima
  5. Desapertar os botões e fecho das calças do macacão
  6. Puxar tudo para baixo
  7. Ficar em top, cheia de frio

E agora o inverso:

  1. Puxar tudo para cima
  2. Apertar os botões e fecho das calças
  3. Vestir a parte de cima
  4. Apertar a mola da parte de cima do macacão
  5. Vestir o casaco
  6. Pôr o lenço

Saí da casa de banho cansada.

Quem é que disse que os macacões eram práticos? 

Prioridades

Hoje de manhã eu estava a pôr rímel nas pestanas quando oiço um grande estrondo e me assusto. Assustei-me de tal forma que quase deixei cair o rímel.

Olho para o lado e vejo que o cesto que tem os champôs descolou e caiu na base de duche. Os champôs e os geles de duche e demais produtos estavam todos espalhados. Oiço uma voz lá do fundo:

Ele: “O que se passou? Estás bem?”

Eu: “Sim, foi só o cesto dos champôs que caiu”

Olho para o espelho, “Não me borrei, vou continuar”. E continuei na minha rotina matinal de maquilhagem.

Passado um minuto ou dois, ele chega ao pé de mim:

Ele: Ah, foi só o cesto que caiu. Vou tomar o pequeno-almoço.

E foi tomar o pequeno-almoço.

E os champôs e gel de duche continuaram todos espalhados na base.

Enfim, são estas as nossas prioridades.

Dramas de quem usou aparelho nos dentes

Usei aparelho nos dentes durante dois anos para endireitar a cremalheira que nasceu torta.

E, por causa de tal coisa, tenho dois arames por trás dos dentes para impedir que eles se mexam e voltem à posição inicial.

Ontem, feita preguiçosa, não me apeteceu lavar os dentes depois do almoço e decidi comer uma pastilha elástica. Já à bastante tempo que não comia uma porque me desabituei deste que tive aparelho.

Ponho a pastilha à boca e começo a trincar algo duro parecido com areia.” Estranho, esta pastilha não é Gorila para ser assim tão dura.”

Tiro a pastilha da boca para ver o que é e comecei a ver uns pontinhos brancos na pastilha. Passo a língua nos arames e noto que falta um bocadinho de massa num deles.

O que é que se faz nestas alturas? Marca-se logo consulta no dentista.

Já lá devia ter ido à dois meses mas isso são só pormenores… 

Em casa de ferreiro, espeto de pau

É um ditado muito antigo, mas como todos os ditados aplica-se a certas situações da minha vida.

Antes de tudo quero-vos dizer que sou uma pessoa muita defensora da língua portuguesa e principalmente, do português de Portugal. Não gosto quando as pessoas falam mau português e dão erros ortográficos. Vou logo corrigir; sobre isto não tenho controlo sobre mim.

Mas, vamos à história.

Na semana passada, foi altura de actualizar o computador para o Windows 10. Já tinha passado algum tempo desde que foi lançado, pelo que me pareceu boa altura.

Foi ter com o rapaz que faz estas coisas cá na empresa para me fazerem isto, não fosse eu fazer asneira (algo muito provável).

A actualização correu bem, não houve grandes problemas e foi altura de instalar o Office.

Rapaz: Vou instalar o Office em português.

Eu: Tudo bem.

Tudo instalado, fui toda contente para o meu lugar com um computador super actualizado.

Começo a trabalhar e a fazer umas coisas no Excel.  “Preciso de fazer um filtro”

Vou então ao Menu e carrego em fórmulas. “Não é aqui, deve ser nesta do lado esquerdo” “Também não é” e fui carregando até encontrar. Três voltas à barra do menu depois, lá encontro o filtro.

Eu decoro certas coisas pelo sítio onde se posicionam. Como, por exemplo, o código do multibanco. Eu sei o código mas quando tenho que o inserir, faço-o pelo sítio das teclas.

Parece-me que no caso do Excel, eu decorei pelo nome e não pelo sítio.

Sabem o que aconteceu? Fui ter outra vez com o rapaz e pedi-lhe que me instalasse o Office em inglês. É que assim eu sabia onde estavam as coisas. 

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Gosto disto

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D